Tamanho do texto

Promoção, idealizada pelo Busca Descontos, prevê faturar R$ 15 milhões na sexta-feira, cinco vezes mais que na edição de 2010

'Black Friday': promoção atrai milhões nos Estados Unidos
Getty Images
'Black Friday': promoção atrai milhões nos Estados Unidos
O fundador do site Busca Descontos, Pedro Eugênio, afirma que participou, em 2009, pela primeira vez de uma Black Friday” , a tradicional megaliquidação realizada pelos varejistas americanos sempre na última sexta-feira de novembro, um dia depois do feriado de “Thanksgiving”, e que marca o início da temporada de compras de Natal nos Estados Unidos. Depois dessa experiência, ele ficou obcecado por trazer a promoção para o Brasil.

Leia também: Extra lança 'Black Friday' no Brasil, tradicional liquidação de Natal americana

Ainda de uma maneira tímida, o Busca Descontos, que reúne produtos em ofertas das pontocom, realizou no ano passado a primeira “Black Friday” online do mercado brasileiro. A liquidação contou com a participação de cerca de 25 operações de comércio eletrônico e, mesmo sem propaganda ou tradição, foi  um estouro de vendas.

Cerca de 60 mil consumidores se cadastraram para a liquidação em 2010, que movimentou R$ 3 milhões, para felicidade e desespero de Eugênio, que passou por um sufoco para manter o site funcionando. Nesta sexta-feira, dia 25 de novembro, o Busca Descontos repetirá a dose, mas já estará muito mais bem preparado. “No ano passado, estava diante daquele ponto de inflexão: ou você quebra ou dá um salto. Felizmente, eu dei um salto", diz Eugênio.

Leia também: Feliz Natal e Ano Novo sem dívidas

O Busca Descontos prevê que a 'Black Friday' irá movimentar neste ano R$ 15 milhões, cinco vezes mais que em 2010. Grandes sites, como Walmart, Dell, Americanas, Submarino, Netshoes, Daffiti, Saraiva e Fnac, vão participar do evento, oferecendo produtos com descontos de até 70%.

Roberto Wajnsztok, diretor de marketing do braço de comércio eletrônico do Walmart no Brasil, afirma que, para a ‘Black Friday’ deste ano, a varejista espera um crescimento de 80% nas vendas online em relação ao passado, quando o Walmart já participou da liquidação.

Black Friday: consumidores se aglomeram nas lojas para aproveitar liquidação nos EUA
Getty Images
Black Friday: consumidores se aglomeram nas lojas para aproveitar liquidação nos EUA
Para a Black Friday deste ano, o Busca Descontos terá uma estrutura para suportar 10 mil acessos por segundo e que poderá ser ampliada se for preciso. O site espera que 650 mil pessoas se cadastrem para participar da promoção, 10 vezes mais que em 2010.

Madrugada em claro

Se nas lojas físicas os consumidores fazem fila em frente às lojas, para chegar primeiro e aproveitar as melhores ofertas antes que acabem, na internet, os consumidores ficam a postos de madrugada para clicar nas melhores promoções. O pico de vendas ocorre entre meia noite e duas horas da manhã, diz Eugênio.

“Para este ano, teremos uma quantidade de produtos bem maior que no ano passado”, diz Wajnsztok. Isto quer dizer que os estoques não deverão se esgotar tão rapidamente. A varejista também promete colocar itens em ofertas que sejam, de fato, desejados pelos consumidores.

Muitas vezes, o varejo aproveita as liquidações para se livrar de produtos apelidados no setor de “calhau”, ou a mercadoria que está encalhada nos estoques.

Entregas

Segundo Wajnsztok, o Walmart também investiu em logística neste ano para conseguir realizar as entregas da pontocom. “Posso dizer que estamos preparados para suportar um crescimento de 100% das vendas de um dia para outro”, disse o executivo.

Em 2010, o comércio eletrônico deu vexame no Brasil durante o Natal, quando muitos consumidores ficaram sem produtos devido aos atrasos nas entregas.

Leia também: Sites buscam resolver problemas para atender demanda de Natal

'Cyber Monday'

Nos Estados Unidos, contudo, o comércio eletrônico inventou a liquidação 'Cyber Monday' , realizada na segunda-feira após o "Thanksgiving", para rivalizar com a 'Black Friday', uma promoção associada ao varejo físico.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.