Tamanho do texto

Parecer está em revisão; representante da secretaria não deu maiores detalhes para "não antecipar decisão"

A Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) pretende enviar em julho o parecer sobre a fusão entre a chilena LAN e a TAM para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A afirmação foi feita pelo secretário Antônio Henrique Silveira, que evitou dar detalhes para "não antecipar a decisão".

"Até o final de julho certamente estará concluído o parecer, que está em fase de revisão", disse Silveira, que participou de evento no Rio de Janeiro. O secretário disse apenas que a análise da Seae passa pela defesa da concorrência no mercado brasileiro, tanto nas rotas domésticas quanto nas internacionais. Silveira salientou que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também terá que determinar a adequação da operação à legislação que veda participação de estrangeiros acima de 20% em companhias aéreas.

O conselheiro do Cade Olavo Zago Chinaglia, também presente ao evento, disse que não foram identificadas "preocupações maiores" envolvendo a fusão das duas aéreas. "Uma vez no Cade, no mais tardar em dois meses, se não for necessário nenhum tipo de instrução complementar, esse caso estará julgado", frisou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.