Tamanho do texto

Plataforma da web terá todos os itens vendidos em lojas físicas

A Lojas Renner lançará no dia 13 o seu portal de vendas pela Internet. Com investimento de R$ 5 milhões, a plataforma de comércio eletrônico terá todos os itens vendidos nas lojas físicas da rede. A expectativa da varejista é que as vendas online tenham faturamento similar a uma loja física, disse o diretor de Tecnologia da Informação e Gestão da empresa, Leandro Balbinot.

"Em janeiro lançamos, sem publicidade, a venda de alguns produtos para conhecer o comportamento do canal", disse Balbinot à Reuters. Os primeiros itens incluíram perfumaria, relógios e roupas íntimas, e o início da negociação de todos os itens em outubro visa elevar as vendas para o Natal. As vendas das três primeiras categorias foram suspensas temporariamente em 29 de setembro.

Segundo Balbinot, é grande o desafio da Lojas Renner em vender roupas e calçados sem a possibilidade de que o cliente prove os produtos. "Vemos uma grande oportunidade de sinergia com as lojas físicas... O cliente pode fazer trocas em qualquer loja do Brasil ou pode devolver pelos correios."

Para atender a demanda, a empresa contratou um centro de distribuição terceirizado na cidade de Embu (SP), com capacidade de armazenagem de até 250 mil itens. Outras varejistas de roupas no Brasil, como Marisa e Hering também possuem canais de vendas na Internet.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.