Tamanho do texto

Em um alerta ao empresário Abílio Diniz, grupo francês eleva sua participação em 3,3% na varejista brasileira, para 37%

O grupo francês Casino sinalizou interesse em consolidar sua participação no Grupo Pão de Açúcar e ampliou sua fatia na varejista brasileira, num alerta ao empresário Abílio Diniz.

O Casino anunciou que aumentou sua participação no Pão de Açúcar em 3,3%, para 37%, investindo na operação US$ 363 milhões.

"O Casino reitera sua intenção de fortalecer o desenvolvimento de longo prazo do Grupo Pão de Açúcar, bem como a posição do grupo em mercados em rápido crescimento", afirmou a empresa francesa.

O Casino e Abílio Diniz estão em atrito desde que Diniz, presidente do conselho do Pão de Açúcar, contatou o Carrefour, principal rival do Casino na França, sem permissão, para discutir uma possível aliança.

Uma fusão entre o Pão de Açúcar e a unidade brasileira do Carrefour poderia ajudar a reduzir a fragmentação do varejo no Brasil, setor que movimenta US$ 230 bilhões por ano, 60% dos quais dominado pelas dez maiores empresas do setor. A aliança também daria à companhia combinada 28% de participação de mercado, mais que o dobro da fatia da norte-americana Wal-Mart.

A ação de Diniz fez o Casino entrar com um pedido de arbitragem internacional contra o grupo do empresário brasileiro no mês passado, sob o argumento de que as conversas com o Carrefour descumpriram os termos de acordo entre ambos.

No centro da controvérsia está o acordo entre o Casino e o grupo de Diniz que permite que a companhia francesa assuma o controle do Pão de Açúcar, se optar por isso daqui um ano.

A opção do acordo entre Casino e Diniz foi instituída em 2006, quando ambos fundaram a holding Wilkes, que detém 66% das ações com direito a voto do Pão de Açúcar. Se exercer a opção, o Casino poderá indicar um nome para a presidência do conselho do Pão de Açúcar.

Sob as regras do acordo que criou a Wilkes, nenhuma das partes pode entrar em negociações de fusão sem o consentimento da outra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.