Tamanho do texto

Nos últimos 12 meses, a deflação acumulada é de 9,76% nos produtos vendidos online

Os preços dos produtos comercializados pela internet ficaram 0,68% mais baratos entre janeiro e fevereiro, de acordo com levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e pelo Buscapé. Nos últimos 12 meses, a deflação acumulada é de 9,76%. Entre janeiro e fevereiro, dos 151 produtos pesquisados, 83 tiveram um aumento médio de preço de 0,46%, e 68 apresentaram queda média de preço de 1,1%.

Assine a newsletter do iG Economia

Os produtos que mais influenciaram a retração do indicador foram televisores (-1,9%), celulares e smartphones (-1,4%) e micro systems (-5,1%). Na ponta contrária, freezers, perfumes e computadores pessoais subiram 1,5%, 1,6% e 0,7%, respectivamente.

Das dez categorias de produtos, apenas duas tiveram alta: cosméticos e perfumaria (1,21%) e moda e acessórios (1,09%). Comparando-se a evolução dos preços dos 23 produtos comuns ao Índice Fipe/Buscapé e ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) nos 12 meses encerrados em janeiro, nota-se que a deflação no comércio online foi mais acentuada que a registrada nas lojas físicas. Nesta comparação, o Índice Fipe/Buscapé recuou 9,73%, enquanto a retração no IPCA foi de 7,2%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.