Tamanho do texto

Intensificação da colheita de cana no centro-sul, principal região produtora do Brasil, ajudou a reduzir o valor

O preço médio do etanol hidratado nos postos do Brasil fechou a semana com queda de 2,12%, na comparação com sexta-feira passada, e acumulou uma perda de 15,8% em relação à primeira semana de maio, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A queda no preço do etanol hidratado, utilizado pelos veículos flex, ocorre com a intensificação da colheita de cana no centro-sul do Brasil, principal região produtora. O recuo nas cotações se dá após um salto nos valores nos primeiros meses do ano, durante a entressafra.

"A tendência para as próximas semanas deve ser de queda gradual dos preços dos combustíveis, na medida em que cresça a oferta de etanol nas unidades produtoras a preços mais baixos, dado o período de safra da cana-de-açúcar na região centro-sul", afirmou a ANP em nota nesta sexta-feira.

O etanol fechou a semana cotado a R$ 1,939 por litro, na média do país.

O preço médio da gasolina "C" comum, que contém 25% de etanol anidro, foi de R$ 2,792 reais, com redução de 0,75% em relação à quarta semana de maio e de 4,2% na comparação com a primeira semana do mês passado.

O levantamento da ANP é realizado em 8 mil postos revendedores em todo o Brasil.

Na cidade de São Paulo, capital do Estado que produz mais da metade cana do país, a queda semanal do preço médio do etanol foi de 1%, enquanto a gasolina caiu 1,06%.

Em quase todos os Estados foram verificadas quedas dos preços médios ao consumidor final nos dois combustíveis, segundo a ANP.

Na usina

Nas usinas do Estado de São Paulo, de acordo com pesquisa finalizada também nesta sexta-feira pelo Cepea, os preços do etanol hidratado também voltaram a cair, após acumular alta por duas semanas consecutivas.

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o etanol hidratado caiu 0,52% na semana, para uma média de R$ 1,0120 real (sem frete e sem impostos).

Já o etanol anidro, misturado à gasolina, manteve a tendência de queda, fechando a semana com baixa de 0,86%, para R$ 1,1388, segundo o Cepea.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.