Tamanho do texto

Negócio com a empresa, que pertence à Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, pode superar R$ 1,66 bilhão

Interior do Embraer Phenom 300
iG São Paulo
Interior do Embraer Phenom 300
A NetJets vai comprar 50 jatos executivos Phenom 300 da Embraer. O contrato prevê ainda mais 75 opções do mesmo modelo, em um negócio que pode superar US$ 1 bilhão (R$ 1,66 bilhão), informou nesta segunda-feira a fabricante brasileira. A NetJets é uma empresa de propriedade compartilhada de aeronaves. A empresa receberá a Edição Platinum do Phenom 300.

O jato terá requisitos de tecnologia e conforto definidos pelos proprietários dos aviões da NetJets. O início das entregas está programado para 2013. O Phenom 300 fará parte da atual frota mundial da NetJets, composta por mais de 800 aeronaves das categorias light, midsize e large.

Juntamente com a venda, a NetJets e a Embraer assinaram acordos de suporte à manutenção abrangentes, que fornecem cobertura logística, de materiais e de serviços de manutenção para a nova frota, tanto no mercado americano quanto no europeu. Detalhes adicionais sobre a transação não foram divulgados e algumas condições contratuais devem ser cumpridas até janeiro de 2011, quando, então, o pedido deverá ser incluído na carteira da Embraer (backlog).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.