Tamanho do texto

A companhia também confirmou que vai cortar 2,5 mil funcionários no ano que vem, um plano que já havia sido anunciado em janeiro

A fabricante de copiadoras e impressoras Xerox conseguiu mais que dobrar seu lucro no terceiro trimestre e melhorou as metas de rentabilidade traçadas para este e o próximo ano. Os ganhos da empresa entre julho e setembro somaram US$ 250 milhões (R$ 425 milhões), um aumento de 103% sobre os US$ 123 milhões apurados um ano antes.

A companhia também confirmou que vai cortar 2,5 mil funcionários no ano que vem, um plano que já havia sido anunciado em janeiro. Na busca por uma estrutura mais enxuta e ganhos de sinergia, a Xerox elevou em US$ 120 milhões - para US$ 400 milhões - a previsão dos custos de reestruturação. A nova conta também foi influenciada pelo impacto do câmbio no processo de reestruturação.

Na base de comparação anual, a receita da Xerox no terceiro trimestre avançou 48%, para US$ 5,428 bilhões, em um desempenho influenciado pela conclusão, em fevereiro deste ano, da aquisição da ACS - empresa que atua nos segmentos de gestão terceirizada de processos de negócios (BPO, na sigla em inglês) e de serviços de Tecnologia da Informação (TI). No resultado pro-forma, que inclui os números da ACS no ano passado, a receita da empresa mostrou crescimento de apenas 2%.

"Só no terceiro trimestre, a assinatura de contratos de serviço cresceu 26% e a receita pro-forma no fornecimento de BPO subiu 8%. Junto com o crescimento de 13% nas vendas de equipamentos, esse progresso alimenta nosso saudável fluxo anual por um longo prazo", disse, no balanço, a presidente da Xerox, Ursula Burns.

Na esteira dos resultados, a companhia elevou a previsão de lucro ajustado por ação deste ano para US$ 0,92 a US$ 0,93, acima da faixa prevista anteriormente, de US$ 0,88 a US$ 0,92. Para 2011, a previsão de lucro ajustado por ação subiu de US$ 0,95 a US$ 1,05 para a faixa de US$ 1,05 a US$ 1,10, como resultado do melhor momento do mercado e a tendência de maior eficiência nos negócios.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.