Tamanho do texto

Presidente da companhia aérea chilena afirmou que operação de troca de ações com brasileira será finalizada entre abril e maio

A companhia aérea chilena LAN , uma das maiores da América Latina, espera concluir o processo de fusão com a brasileira TAM no final de abril ou início de maio, com uma operação de troca de ações, afirmou nesta quarta-feira o presidente da companhia, Ignacio Cueto.

Leia também: TAM perde espaço para chilenos no comando da Latam

A aquisição para a criação da Latam Airlines irá formar uma das maiores companhias aéreas do mundo e a maior da América Latina. Reguladores do Chile e do Brasil já aprovaram o negócio, e no mês passado a LAN havia afirmado que esperava a conclusão para abril .

"(A troca de ações) deve ser finalizada entre final de abril e início de maio", afirmou Cueto a jornalistas na cidade de Concepcion, após o primeiro vôo comercial da LAN com biocombustíveis de segunda geração, produzidos pelo conglomerado Copec.

Leia também: TAM e LAN elevam previsão de ganhos com a fusão

A LAN e a TAM haviam apelado à Suprema Corte do Chile contra três medidas antitruste impostas pelo regulador na fusão, relacionadas a acordos de compartilhamento de voos, obrigações de abrir mão de alguns voos via Lima, no Peru, para outras cidades e requerimentos de fiscalização.

A companhia aérea chilena possui operações domésticas na Argentina, Colômbia, Chile, Equador e Peru, além de operações de cargas no Brasil e México. A LAN registrou perdas de US$ 320 milhões no ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.