Tamanho do texto

Mudanças ocorrem dois meses após a empresa ter enfrentado atrasos e ameaça de greve; aérea atribuiu problema a novo software

A Gol anunciou hoje mudanças em sua vice-presidência Técnica, que passará a atuar com três diretorias e duas gerências gerais. Além disso, serão transferidas duas áreas - uma diretoria e uma gerência geral, para outras vice-presidências.

As mudanças na estrutura da área de Operações da Gol ocorrem dois meses após a empresa ter enfrentado atrasos e ameaça de greve por causa de sobrecarga de trabalho de suas tripulações. No último fim de semana de julho, a Gol registrou altos índices de atrasos por conta de excesso de horas trabalhados de suas tripulações. Na época, a Gol atribuiu o problema a um novo software de gestão das escalas de voo da companhia. A Lufthansa, empresa que desenvolveu o programa, negou que houvesse qualquer problema no software.

As mudanças, segundo a companhia, permitirão uma maior sinergia entre áreas afins. Adalberto Bogsan, atual diretor de Controle Operacional, assumirá a vice-presidência Técnica. Ele está na empresa desde 2002 e iniciou sua carreira há 21 anos na Rio Sul. O atual vice-presidente Técnico, Fernando Rockert de Magalhães, deixará a Gol, mas continuará ligado a uma das empresas da família Constantino, controladora da companhia aérea.

Bogsan terá sob sua responsabilidade a diretoria de Manutenção, ocupada por Alberto Correnti; a diretoria de Operações, de Luiz Sérgio Fernandes; e a diretoria de Segurança Operacional, liderada por Sérgio Quito; além da gerência geral de Controle Operacional, ocupada por Paulo Fontes e da gerência geral técnica de Operações, sob a gestão de Rodrigo Freire. Com a mudança, a diretoria de Suprimentos, ocupada por Bruno Alvim, passa a se reportar à vice-presidência de Clientes, Colaboradores e Gestão, liderada por Ricardo Khauaja. A gerência geral de Frotas, sob comando de João Torres, ficará subordinada à vice-presidência de Finanças, Estratégia, Novos Negócios e TI, a cargo de Leonardo Pereira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.