Tamanho do texto

Veja o histórico de saúde e como Steve Jobs lidou com suas dificuldades médicas ao longo dos últimos anos

A licença médica de Steve Jobs, anunciada nesta segunda-feira, não é a primeira da história do fundador da Apple. Em 2004, ele se curou de um câncer no pâncreas e, em 2009, ficou fora por seis meses da empresa, quando se submeteu a um transplante de fígado. Veja o histórico de saúde do criador do iPod, iPhone e Ipad. No comunicado enviado aos funcionários nesta segunda-feira, Jobs, que sempre contou com a simpatia da mídia para o lançamento de seus produtos, pediu respeito à sua privacidade.

Outubro de 2003 – Steve Jobs é diagnosticado com câncer no pâncreas. A Apple mantém a informação em segredo.

Agosto de 2004 – Ele relata publicamente que venceu a doença depois de uma cirurgia que extraiu o tumor sem a necessidade de submeter-se posteriormente à quimioterapia.

Junho de 2005 – Em discurso na Universidade de Stanford, na Califórnia, Steve Jobs revela que os médicos haviam dito que ele, quando recebeu o diagnóstico do câncer, não sobreviveria a seis meses de vida.

Junho de 2008 – Ao lançar o iPhone 3G, ele aparece mais magro.

Julho de 2008 – Com os boatos sobre a saúde do fundador da Apple, a empresa disse que não tem planos de deixar a companhia, alegando que o assunto é privado. As ações caem mais de 10%.

Setembro de 2008 – “Notícias sobre a minha morte são exageradas”, disse Jobs, brincando numa apresentação da nova geração de iPod, em alusão à divulgação, imprevista, do obituário de Jobs pela agência “Bloomberg”.

Janeiro de 2009 – Pela primeira vez em 11 anos, Jobs não aparece no lançamento anual dos produtos Apple. Ele afirma que sofrer de um desequilíbrio hormonal, que o torna mais magro. Ele fica de licença da Apple por seis meses.

Junho de 2009 – O Instituto de Transplantes do Hospital da Universidade Metodista em Memphis confirma que Jobs submeteu-se a um transplante de fígado, com excelente prognóstico.

Setembro de 2009 – Ele volta a aparecer ao público. Ele confirmou que recebeu o fígado de um jovem adulto que sofreu um acidente de carro.