Tamanho do texto

Agência também prevê o lançamento, no ano que vem, de um fundo de venture capital diretamente ligado à área de esporte

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) poderá aumentar a destinação de recursos para o programa 14 Bis, que vai aportar R$ 120 milhões na primeira fase para projetos de inovação tecnológica voltada para o setor de esportes. O presidente da Finep, Luís Fernandes, frisou que "certamente" o valor vai ser elevado, mas o volume total que será destinado ao programa dependerá da definição da Câmara Técnica de Comércio e Tecnologia, instalada ontem dentro da instituição.

Dos R$ 120 milhões da primeira fase, lançada hoje no Rio de Janeiro, R$ 20 milhões já foram destinados para as propostas aprovadas no âmbito do 14 Bis. Além disso, o edital do programa de subvenção econômica destina outros R$ 80 milhões para projetos de empresas brasileiras para as áreas de segurança, mobilidade e governo eletrônico associados à Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016. "A agenda de aproveitar oportunidade de eventos esportivos para o desenvolvimento do país não é agenda de governo, é agenda de país.

É uma agenda que interessa a qualquer dos candidatos que vier a triunfar na eleição de 31 de outubro", frisou Fernandes, ao ser questionado sobre a manutenção do programa pelo novo governo. 

A Finep também prevê o lançamento, no ano que vem, de um fundo de venture capital diretamente ligado à área de esporte. O objetivo da instituição, segundo o dirtro de inovação, Eduardo Costa, é aproveitar a Copa de 2014 e sua audiência total entre 30 bilhões e 40 bilhões de espectadores - somando os telespectadores de todos os 64 jogos - para desenvolver inovações tecnológicas, no Brasil, ligadas aos eventos esportivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.