Tamanho do texto

Indústrias locais faturaram US$ 12,7 bilhões, o que representa um crescimento de 22,90% em relação ao mesmo intervalo de 2010

selo

O quadrimestre da Zona Franca de Manaus fechou com novos recordes de faturamento e geração de empregos, segundo a assessoria da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). Já as exportações totalizaram US$ 257,1 milhões no primeiro quadrimestre deste ano, apresentando queda de 24,97% na comparação com o mesmo período do ano passado.

No período de janeiro a abril deste ano, as indústrias locais faturaram US$ 12,7 bilhões, o que representa um crescimento de 22,90% em relação ao mesmo intervalo do ano passado (US$ 10,3 bilhões). Segundo a Suframa, neste mesmo período, foram gerados 113 mil empregos. O total acumulado de 113.639 trabalhadores empregados registrados especificamente no mês de abril, entre efetivos, temporários e terceirizados, também representa o melhor resultado de empregabilidade do polo industrial local para um quarto mês do ano em toda a série histórica, afirma a Suframa.

De acordo com a Suframa, os principais setores industriais da Zona Franca de Manaus apresentaram bons desempenhos. O segmento de eletroeletrônicos faturou no mês de abril US$ 1,507 bilhão, praticamente igualando o resultado obtido em março (US$ 1,539 bilhão), e fechou o quadrimestre com um faturamento total de US$ 5,3 bilhões, resultado 19,39% superior ao registrado no mesmo período do ano passado (US$ 4,4 bilhões).

O polo de duas rodas faturou no quadrimestre US$ 2,9 bilhões, o que perfaz um crescimento de 36,74% em relação ao mesmo período de 2010. O destaque ficou por conta do faturamento de US$ 760,9 milhões registrado no mês de abril, o que representa o maior valor de faturamento mensal do segmento desde agosto de 2008 (US$ 802,4 milhões). Outros segmentos industriais que se destacaram no primeiro quadrimestre de 2011 foram o relojoeiro, com faturamento de US$ 207,6 milhões e crescimento de 71,98% na comparação com o mesmo intervalo de 2010, e o naval, que apresentou faturamento de US$ 29.5 milhões e crescimento de 85,25%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.