Tamanho do texto

Combustível deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço representa mais de 70% do valor da gasolina

selo

A relação entre o preço médio do etanol e o valor médio da gasolina alcançou a marca de 63,29% na primeira semana de junho, conforme levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O número apurado representou ligeiro aumento, já que, na última semana de maio, a relação havia sido de 61,95%.

De acordo com especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina.

No primeiro quadrimestre de 2011, a relação entre o etanol e a gasolina superou diversas vezes a marca de 70%. Na primeira semana de abril, chegou ao nível de 84,37%, a maior marca da série histórica semanal fornecida pela Fipe à Agência Estado e que teve início em 2006. Desde a segunda semana de maio, quando atingiu a marca de 69,69%, voltou, porém, a níveis inferiores a 70%.

Apesar de mostrar uma aceleração ante a relação etanol/gasolina da última semana de maio, o número de 63,29% não preocupou o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fipe, Antonio Evaldo Comune. Tudo porque este ligeiro aumento pode ter, segundo ele, ligação com o comportamento do preço da gasolina, que só no início de junho passou a cair, conforme os levantamento da Fipe por meio do IPC, enquanto o etanol já havia iniciado processo de queda desde a metade de abril.

De acordo com a Fipe, a gasolina apresentou queda de 1,29% na primeira quadrissemana do mês (período de 30 dias terminado em 7 de junho) ante alta de 2,98% na pesquisa final do mês passado. A baixa no preço do etanol passou de 12,04% no encerramento de maio para 17,83% na primeira quadrissemana de junho. No mesmo período, a alta média da inflação na capital paulista passou de 0,31% para 0,05%, conforme anúncio feito hoje pelo instituto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.