Tamanho do texto

É a primeira vez que o bilionário promove vendas no Brasil; oferta terá 390 apartamentos com preços a partir de R$ 1,26 milhão

O bilionário americano Donald Trump venderá pela primeira vez um empreendimento localizado em Nova York no mercado brasileiro. O lançamento no Brasil do hotel e condomínio Trump Soho, que fica na ilha de Manhattan, será realizado pela imobiliária Piquet Realty, nesta quinta-feira, em São Paulo. Serão oferecidos 390 flats com preços a partir de US$ 785 mil, valor equivalente a R$ 1,26 milhão.

O hotel e condomínio Trump Soho, localizado em Nova York, mas que será vendido no Brasil
Divulgação
O hotel e condomínio Trump Soho, localizado em Nova York, mas que será vendido no Brasil

 Os preços em dólar oferecidos no Brasil vêm com descontos de até 45% em relação aos valores cobrados nos Estados Unidos, de acordo com a Piquet. O condomínio-hotel já está pronto e em funcionamento.

A história do condomínio mostra os problemas que o mercado imobiliário americano ainda enfrenta, após a crise do subprime, que atingiu seu ápice em setembro de 2008, com a quebra do banco Lehman Brothers.

O empreendimento foi 100% vendido na planta, em 2007, mas a maioria dos clientes não conseguiu crédito para financiar a aquisição após a entrega das chaves. Os compradores pagaram 20% do valor do imóvel no ato da venda e, pelo contrato, precisariam quitar o débito assim que o imóvel ficasse pronto, à vista ou com crédito imobiliário.

A maioria dos clientes não tinha dinheiro à vista e não conseguiu crédito para financiar o imóvel. “Os bancos nos Estados Unidos ainda não estão emprestando. Os compradores perderam o dinheiro da entrada e o direito de comprar os flats”, diz Cristiano Piquet, sócio da Piquet Realty. Apenas 50 clientes conseguiram manter o imóvel.

Sem os recursos dos compradores, a incorporadora que lançou o produto, a Sapir, ficou sem ter como pagar as dívidas que adquiriu para construir o edifício. A Sapir é a responsável pelo projeto e comprou a licença da marca Trump para batizar o empreendimento. Apesar de não ter lançado o edifício diretamento, a empresa de Trump é apontada no site do emprreendimento como uma das responsáveis pelo projeto.

O flat é decorado com móveis da Fendi
Divulgação
O flat é decorado com móveis da Fendi
A solução encontrada pela Sapir para salvar o projeto foi se associar à outra empresa, a Cym, que renegociou as dívidas. A redução do débito foi o que permitiu o desconto na venda do apartamento. “Mas, mesmo com o desconto, os americanos ainda não podem comprar”, diz Piquet.

Foi quando a Cym procurou a Piquet Realty, uma empresa especializada na venda de imóveis para brasileiros no exterior, para lançar o empreendimento no Brasil. “O brasileiro é hoje o grande cliente dos americanos", diz. Segundo ele,  metade dos imóveis vendidos em Miami, por exemplo, é para brasileiros.

A expectativa dele é que 20 unidades sejam vendidas nesta quinta-feira em São Paulo. “O imóvel está muito barato e o câmbio favorece as compras de brasileiros no exterior”, afirma Piquet.

Cada apart-hotel terá móveis decorados da grife Fendi e poderá ser alugado pelos proprietários quando eles não estiverem na cidade. O valor médio da diária é entre US$ 400 e US$ 600. A rentabilidade estimada pela Piquet para o aluguel do flat é de 7% a 10% ao ano. O próprio hotel poderá realizar a locação.

O empresario e apresentador de TV Donald Trump
AP
O empresario e apresentador de TV Donald Trump

Empresário e "showman"

Donald Trump é um empresário de 64 anos do setor imobiliário nos Estados Unidos, com fortuna estimada em US$ 2,7 bilhões, cifra próxima de R$ 4,3 bilhões, de acordo com a revista Forbes. Ele é considerado o 137º homem mais rico dos Estados Unidos e o 420º do mundo.

Ele também é apresentador de televisão, autor de livros sobre finanças e gestão e dono das concessões dos concursos de beleza Miss Universo e Miss Estados Unidos.

O flat fica em Manhattan, a região mais nobre de Nova York, e será decorado com móveis da Fendi
Divulgação
O flat fica em Manhattan, a região mais nobre de Nova York, e será decorado com móveis da Fendi