Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) informou hoje que seu lucro líquido atingiu R$ 188,3 milhões no terceiro trimestre do ano, o que representa um crescimento de 11,3% ante os R$ 169,2 milhões apurados no mesmo período do ano passado

SÃO PAULO - A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) informou hoje que seu lucro líquido atingiu R$ 188,3 milhões no terceiro trimestre do ano, o que representa um crescimento de 11,3% ante os R$ 169,2 milhões apurados no mesmo período do ano passado. A receita líquida da empresa somou R$ 1,08 bilhão entre julho e setembro, elevação de 6,34% em relação ao período equivalente de 2009 (R$ 1,01 bilhão). No mesmo período de comparação, a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Lajida) da Comgás evoluiu 2,97%, passando de R$ 345,8 milhões para R$ 356,1 milhões. Nos nove meses até setembro, a Comgás investiu R$ 287 milhões, praticamente o mesmo volume de aporte do ano anterior (R$ 290 milhões). O volume de gás distribuído pela companhia totalizou 3,6 milhões de metros cúbicos até setembro, elevação de 16,2% em relação ao mesmo período do ano passado. No segmento residencial, mais de 76 mil novos domicílios foram conectados desde o início do ano. O número de medidores cresceu 10,2% ao longo de 12 meses, alcançando 746,9 mil em setembro. De acordo com a Comgás, a primeira parcela de financiamento concedido pelo European Investment Bank (EIB), no valor de 100 milhões de euros (R$ 224,6 milhões), foi desembolsada integralmente durante o terceiro trimestre, sendo liberados R$ 155 milhões em julho e os R$ 69,6 milhões restantes, em setembro. O financiamento, que tem limite de 200 milhões de euros, tem prazo de dez anos e destina-se a apoiar o plano de investimentos em expansão, modernização e reforço da rede de distribuição de rede de gás canalizado até 2012. (Ana Luísa Westphalen | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.