Tamanho do texto

Steve Jobs mostrou lançamentos, que usam memória flash em vez de disco rígido, no evento "Back do the Mac", nos EUA

A linha de computadores Mac da Apple foi tema de uma série de novidades anunciadas hoje pelo diretor-executivo da Apple, Steve Jobs, no evento "Back to the Mac" ("De volta ao Mac', em português) nos Estados Unidos. A linha de notebooks ultrafinos MacBook Air ganhou uma nova geração, que usa memória flash para armazenar dados, no lugar de um disco rígido (HD) tradicional.

Pesando pouco mais de um quilo (1,04 quilo) os laptops revestidos em alumínio terão dois modelos com telas de 11,6 e 13,3 polegadas, que já estão à venda na loja online da Apple. Os preços dos novos notebooks variam de US$ 999 a US$ 1.599 nos Estados Unidos. No Brasil, as máquinas já são anunciadas na loja online da Apple com valores entre R$ 3.199 a R$ 5.699, com previsão de entrega de duas a três semanas.

"O MacBook Air é o primeiro de uma nova geração de notebooks que deixa para trás o armazenamento mecânico rotativo em favor do armazenamento sólido em flash", disse Steve Jobs, durante o evento na sede da Apple, em Cupertino, na Califórnia. Segundo ele, o aprendizado partiu do tablet iPad, lançado em abril deste ano pela empresa. Jobs também apresentou as funcionalidades de novo sistema operacional Mac OS X 10.7, batizado de Lion, que tem data de lançamento prevista para meados de 2011.

A Apple também anunciou a criação de uma loja online de aplicativos exclusiva para sua linha de desktops e notebooks, nos moldes da App Store para o smartphone iPhone e o tablet iPad. A loja online para Mac sera lançada nos próximos 90 dias - até 20 de janeiro de 2011 - segundo a empresa.

Na segunda-feira, a Apple informou que seu lucro líquido no quarto trimestre fiscal cresceu mais de 70%, em um ano, diante da força nas vendas do iPhone, embora os resultados do tablet iPad tenham ficado aquém das expectativas. A empresa registrou ganho líquido de US$ 4,3 bilhões (US$ 4,64 por ação) entre julho e setembro, ante um ganho de US$ 2,5 bilhões, ou US$ 2,77 por ação, no mesmo período do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.