Tamanho do texto

Campanha que teve escritor negro interpretado por ator branco gerou protestos em redes sociais e críticas da Secretaria da Igualdade Racial; assista aos filmes

A Caixa Econômica Federal retomou nesta segunda-feira a campanha publicitária que havia sido sido suspensa , por ter gerado protestos em redes sociais e críticas da Secretaria de Igualdade Racial. O filme, em comemoração ao aniversário dos 150 anos da instituição, tinha o negro Machado de Assis interpretado por um branco:

Após a polêmica, o ator que interpreta o escritor foi trocado por um negro. Assista à segunda versão do filme:

Procurada, a Caixa não quis comentar a troca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.