Tamanho do texto

Objetivo é avaliar as condições de prestação dos serviços e o grau de satisfação dos consumidores

selo

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) inicia hoje uma pesquisa para conhecer a opinião dos consumidores a respeito dos serviços de TV por assinatura, telefonia fixa e telefonia móvel. O objetivo, segundo a agência, é reunir informações para avaliar as condições de prestação dos serviços e o grau de satisfação dos consumidores.

A partir dos dados obtidos, a Anatel espera ter mais subsídios para adotar medidas que atendam as demandas da sociedade no setor de telecomunicações, seja na regulamentação ou nos procedimentos de fiscalização. Serão realizadas mais de 200 mil entrevistas por telefone, além de 12 mil entrevistas presenciais relativas a telefones públicos (orelhões).

Nas entrevistas, os consumidores atribuirão notas a itens relacionados aos serviços, tais como eficiência dos canais de atendimento das prestadoras, clareza das informações, qualidade das ligações e transmissões, frequência de interrupções e cobertura.

A Anatel alerta que, em momento algum, serão exigidos dados sigilosos, como senhas, números de CPF, da carteira de identidade, de contas bancárias e de cartões de crédito. Na telefonia fixa serão feitas entrevistas com consumidores das prestadoras CTBC, Embratel, GVT, Oi, Sercomtel e Telefônica. Na móvel, a amostra abrangerá Claro, CTBC, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo.

No caso da TV por assinatura serão pesquisados os assinantes das 103 principais prestadoras do serviço. A realização da pesquisa está prevista no Plano Geral de Atualização da Regulamentação das Telecomunicações no Brasil (PGR), planejamento estabelecido pela Anatel com metas de curto, médio e longo prazos. A pesquisa será realizada pela Meta, empresa que ganhou a licitação para prestar esse serviço para a agência reguladora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.