Tamanho do texto

Empresa deverá informar o volume de entregas não realizadas nos últimos dois meses e tempo médio de espera até entrega do produto

selo

O portal de vendas pela internet Americanas.com, pertencente à B2W, tem dez dias corridos para prestar esclarecimentos ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, sobre os atrasos na entrega de produtos.

A informação foi dada nesta sexta-feira pelo ministério, por meio de nota. "Diante da ordem judicial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, que proíbe a empresa de aceitar novas encomendas enquanto não regularizar as entregas atrasadas, o DPDC quer verificar se o problema se repete em outros lugares do País", diz o comunicado.

Segundo a nota, a notificação pede ainda informações detalhadas sobre os atrasos, tais como a quantidade de entregas não realizadas nos últimos dois meses e o tempo médio de espera entre a compra e a entrega dos produtos. A empresa ainda não se pronunciou sobre o assunto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.