Tamanho do texto

Companhia que pediu voluntariamente para entrar em concordata tem até o fim de março para apresentar planos

A AMR, holding da American Airlines, solicitou nesta quinta-feira à corte americana de falências a prorrogação no prazo para apresentar um plano de reestruturação, informou nesta tarde a Bloomberg.

Leia também: Clientes não devem enfrentar problemas com voos da American Airlines

A companhia aérea americana pediu voluntariamente para entrar em concordata no dia 29 de novembro de 2011 e tem até o fim de março para apresentar um plano de reestruturação. De acordo com um porta-voz da American, Sean Collins, buscar uma extensão no prazo de apresentação do plano de reestruturação é “habitual”, em casos complexos de concordata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.