Tamanho do texto

Os aumentos de preços por grandes torrefadoras dos EUA têm sido amplamente esperados depois que os preços futuros do café arábica saltaram quase 90% em três meses

Reuters

A norte-americana J.M. Smucker disse nesta terça-feira (3) que elevou sua lista de preços da maior parte de seus cafés no país, primeiramente das conhecidas marcas Folgers e Dunkin' Donuts, pela primeira vez desde 2011 por conta dos saltos nos custos com café.

A Smucker elevou os preços 9% em média, devido ao rali nos preços de grãos, disse a companhia.

Os aumentos de preços por grandes torrefadoras dos EUA têm sido amplamente esperados depois que os preços futuros do café arábica saltaram quase 90% em três meses para uma máxima de 26 meses em abril, por preocupações sobre o efeito da pior seca em décadas nos cafezais no Brasil, o maior produtor global.

O mercado já caiu cerca de 20% desde o pico.

A medida adotada pela Smucker, empresa considerada sinalizadora de tendências, deve ser o gatilho para outras grandes torrefadoras aumentarem os preços do café nos EUA, em meio à tentativa de garantir margens diante da alta dos preços da matéria-prima.

Esta é a primeira alteração de preços feito pela Smucker desde fevereiro de 2013. Na ocasião, a companhia baixou os preços no varejo das marcas Folgers e Dunkin' Donuts em 6% em média, no seu terceiro corte consecutivo na época por conta do declínio nos mercados futuros.

A Smucker elevou os preços pela última vez em maio de 2011, quando o valor do arábica mais que dobrou, para uma máxima de 34 anos acima de US$ 3 por libra-peso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.