Tamanho do texto

Em abril, no entanto, as vendas caíram 3,2% frente ao mesmo período do ano passado

Ao contrário do mercado de carros novos, que acumulou queda de 3,7% nas vendas até abril, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o mercado de carros usados parece ter mantido o ritmo em 2014.

Segundo dados da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto) divulgados ao iG , nos primeiros quatro meses do ano, foram vendidas 2,567 milhões de unidades – 5,8% a mais que no ano passado. O campeão de vendas foi o Gol, com 87,769 mil unidades negociadas.

Na apuração mensal no entanto, abril mostra a primeira queda nas vendas frente a mesmo mês do ano passado. Depois de marcar alta em janeiro, fevereiro e abril, o número de negociações feitas caiu 3,2% no quarto mês do ano, com pouco mais de 642 mil carros vendidos.

Um dos gargalos que vem sido apontados pelo mercado está na dificuldade de acesso a crédito para financiamento de veículos. O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), tem buscado negociações para facilitar as vendas de carros novos. "Levamos essa preocupação com a seletividade do crédito para o Governo Federal  e eles estão analisando", afirma Luiz Moan.

Na tentativa de novas modalidades de financiamento, o número de participantes de consórcios automotivos cresceu 10% nos três primeiros meses deste ano, segundo números da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).  

Veja os carros seminovos mais vendidos em abril.