Tamanho do texto

Segundo a confederação, o destaque negativo foi o subitem que mede as condições atuais, cujo indicador retrocedeu 6,9% e está abaixo de 100 pontos pela 1ª vez em nove meses

Agência Estado

O empresário do comércio está menos confiante em 2013 se comparado ao ano passado. Em maio, o Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (Icec) recuou 3,3% em relação a igual mês do ano passado.

Essa foi a 11ª queda consecutiva do índice e a maior para essa base de comparação registrada desde agosto de 2012, informou a Confederação Nacional do Comércio (CNC), nesta segunda-feira, 3.

Segundo a confederação, o destaque negativo foi o subitem que mede as condições atuais, cujo indicador retrocedeu 6,9% e está abaixo de 100 pontos pela primeira vez em nove meses. Também pioraram as expectativas futuras dos empresários, que registraram queda de 3,3%.

Já a intenção de investimento se manteve praticamente inalterada em comparação a maio de 2012, tendo registrado alta de 0,2%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.