Tamanho do texto

Com crescimento de 22% em relação à Black Friday do ano passado, vendas online representaram 9% do total nos EUA

Reuters

SÃO FRANCISCO - As vendas no varejo online da Black Friday nos EUA superaram 1 bilhão de dólares pela primeira vez este ano, uma vez que mais consumidores utilizaram a internet para fazer suas compras de fim de ano, informou a consultoria comScore neste domingo (25). As vendas online saltaram 22% na Black Friday, ante vendas de US$ 816 milhões no mesmo dia do ano passado, de acordo com dados da comScore.

Vendas online aumentam participação na Black Friday americana
Getty Images
Vendas online aumentam participação na Black Friday americana

O comércio eletrônico representa menos de 10% dos gastos de consumo nos EUA, mas está crescendo fortemente, uma vez que os compradores são atraídos por baixos preços, conveniência, transporte rápido e grande variedade.

A ShopperTrak, que registra o movimento em lojas físicas de varejo, estimou vendas da Black Friday de US$ 11,2 bilhões, queda de 1,8% contra o mesmo dia no ano passado.

"As vendas online foram cerca de 9% do total das vendas, mas podem passar de 10% pela primeira vez nesta temporada", disse Scot Wingo, chefe-executivo da ChannelAdvisor, que ajuda os comerciantes a venderem mais em sites incluindo o Amazon.com e o eBay.com.

A comScore espera que os gastos de varejo online subam 17%, para US$ 43,4 bilhões ao longo da temporada de férias. Isso está acima do aumento de 15% na última temporada e à frente da expectativa do setor de varejo para um aumento de 4,1% nos gastos gerais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.