Tamanho do texto

Lucro líquido foi de R$ 54,6 milhões de julho a setembro, contra R$ 63,7 milhões um ano antes e comparado à previsão média de analistas de R$ 68,2 milhões

Reuters

A varejista de roupas Cia Hering teve queda de 14,2% no lucro do terceiro trimestre na comparação anual, resultado abaixo do esperado por analistas e ainda contaminado pela fraqueza econômica do Brasil vista no primeiro semestre.

A empresa, porém, disse ter percebido uma retomada de compras pelos canais de vendas, "o que traz confiança para a perspectiva do quarto trimestre".

A Cia Hering reportou nesta quinta-feira lucro líquido de R$ 54,6 milhões de julho a setembro, contra R$ 63,7 milhões um ano antes e comparado à previsão média de analistas de R$ 68,2 milhões, segundo pesquisa Reuters.

A receita líquida trimestral teve variação positiva de 1% sobre igual etapa em 2011, para R$ 324 milhões, mesmo apesar da ampliação do número de lojas próprias da companhia de quase 27% em 12 meses, para 203 unidades no fim de setembro.

Segundo a Cia Hering, o faturamento ainda é "reflexo de um cenário desafiador presente desde o trimestre passado" e dificuldades na migração para novo centro de distribuição em Goiás, com alguns pedidos transferidos para ao atual trimestre.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) foi de R$ 74,4 milhões de julho a setembro, abaixo dos R$ 88,8 milhões em igual etapa de 2011.

A margem Ebitda ficou em 23% nos três meses até setembro, queda de 4,7 pontos percentuais frente à registrada um ano atrás. Analistas previam, em média, Ebitda de R$ 95,1 milhões.

(Por Cesar Bianconi)