Tamanho do texto

Decisão pode ser tomada "a qualquer momento se o governo achar que é uma boa", afirma Julio Semeghini

Reuters

O governo de São Paulo ainda avalia a privatização da Cesp, geradora de energia estatal, mesmo não tendo incluído essa previsão de venda do ativo no orçamento do governo do Estado para 2013, informou o secretário de Planejamento, Julio Semeghini, à Reuters, nesta quarta-feira.

"Só não está no orçamento de 2013, mas o governo pode tomar essa decisão em qualquer momento se achar que é boa", disse ele.

Veja mais:  Venda da Cesp vira dúvida com queda de tarifa