Tamanho do texto

Em maio, as vendas da companhia avançaram 3%, também na comparação anual; grupo está presente em 44 países, incluindo lojas por franquia

As vendas do grupo sueco de varejo de vestuário H&M cresceram 15% e somaram 31,6 bilhões de coroas suecas (US$ 4,5 bilhões) no segundo trimestre fiscal da companhia, encerrado em 31 de maio de 2012, na comparação com o mesmo período de 2011. No critério "mesmas lojas" (unidade abertas há mais 12 meses, além de comércio eletrônico e por catálogo), o aumento foi de 2%.

Em maio, as vendas da companhia - a segunda maior do mundo no segmento, atrás da Inditex - avançaram 3%, também na comparação anual. Nesta semana, o grupo Inditex, dono da marca Zara, reportou crescimento semelhante. As vendas no primeiro trimestre fiscal de 2012 aumentaram 15%, para 3,4 bilhões de euros (US$ 4,3 bilhões).

Fundada em 1947, a H & M Hennes & Mauritz está listada na bolsa de Estocolmo. No ano fiscal 2011, as vendas da varejista somaram 128,8 bilhões de coroas suecas (US$ 18,4 bilhões). A empresa emprega aproximadamente 94 mil pessoas. Em 31 de maio de 2012, a H&M contava com 2.575 lojas, ante 2.297 de um ano antes. O grupo está presente em 44 países, incluindo lojas por franquia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.