Tamanho do texto

Interrupção no fornecimento de energia deixou no escuro oito estados da região Nordeste, no dia 4 de fevereiro do ano passado

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aplicou nesta terça-feira uma multa no valor de R$ 32,3 milhões à Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) pela interrupção no fornecimento de energia ocorrido na região Nordeste, em 4 de fevereiro de 2011. O blecaute correspondeu a carga de 8.884 megawatts (MW) no Sistema Interligado Nacional (SIN), atingindo oito Estados da região.

Leia também:  TCU vai auditar a Chesf para investigar causas do apagão

"A Chesf foi penalizada por falhas apuradas nas subestações Luiz Gonzaga, Fortaleza e Sobradinho. A fiscalização da agência identificou o não cumprimento do plano de modernização e atualização das cadeias de proteção de Linhas de Transmissão do sistema da empresa, além de falhas da concessionária nos procedimentos operativos", informou a Aneel, em nota.

A companhia, que é subsidiária da Eletrobras, entrou com recurso administrativo contra o auto de infração aplicado pela agência com o objetivo de reduzir o valor da penalidade. A diretoria da Aneel, no entanto, alterou somente o valor da multa de R$ 32,5 para R$ 32,3 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.