Tamanho do texto

Chinesa CNOOC testa mercado dos EUA com aquisição de US$1,1 bi

HONG KONG/NOVA YORK (Reuters) - A maior petrolífera da China, a CNOOC, concordou em pagar 1,1 bilhão de dólares por uma participação em um campo de gás natural nos Estados Unidos, testando o mercado norte-americano pela primeira vez desde que falhou em 2005 em uma oferta pela Unocal.

As ações da CNOOC atingiram a máxima em três anos com a notícia envolvendo a Chesapeake Energy, que pode ser o começo de uma onda de aquisições pela empresa chinesa à medida que busca atingir sua agressiva previsão de aumento da produção para atender à demanda chinesa, disseram analistas e banqueiros.

"Esperamos que eles ampliem presença no Canadá e também em águas profundas no Brasil. São as últimas fronteiras em que você pode extrair grandes volumes de petróleo", disse o chefe de pesquisa na área de energia na Ásia da Mirae Asset Securities, Gordon Kwan, acrescentando que Nigéria e Angola também são atrativas.

A CNOCC e a também chinesa Sinopec Group estão disputando a compra de uma participação em blocos da OGX, do empresário Eike Batista, em uma operação potencial de 7 bilhões de dólares, disseram fontes a par do assunto em meados de setembro.

(Por Sui-Lee Wee e Paritosh Bansal)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.