Tamanho do texto

PDG Realty é empresa mais lucrativa do setor, com ganhos de US$ 473,9 milhões em 2010

selo

O Brasil lidera os rankings de lucratividade, margem líquida e rentabilidade das ações no setor de construção civil da América Latina e Estados Unidos, segundo levantamento realizado pela consultoria Economatica, com empresas de capital aberto do setor de construção residencial e empreendimentos imobiliários desses países e dados relativos ao exercício de 2010.

A PDG Realty é a mais lucrativa do setor, com lucro líquido de US$ 473,9 milhões no ano. Em segundo lugar vem a Walter Ind., dos EUA, com US$ 385,8 milhões, seguida pelas brasileiras MRV, Cyrela, Gafisa, Brookfield, Rossi, e, então, novamente uma empresa americana, a NVR, na oitava posição, a mexicana Urbi, e, fechando o quadro das top ten, a Even, do Brasil.

Já entre as dez mais em valor de mercado, as posições no topo se alternam, com Walter Ind. em primeiro, com US$ 7,48 bilhões, e PDG em segundo, com US$ 6,677 bilhões. Esse indicador é dominado por empresas americanas, com seis representantes, e quatro brasileiras. 

Em margem líquida - considerando somente empresas com patrimônio líquido superior a US$ 1 bilhão - o Brasil lidera, com MRV apresentando margem de 21% e a PDG Realty em segundo, com 15,1%, seguida por Rossi, 14,01%. Há mais três companhias nacionais nesse quadro (Cyrela, Gafisa e Brookfield, do quinto ao sétimo posto, em ordem), uma do México (Urbi, em quarto lugar) e três dos EUA (NVR, Lennar e Horton). 

A consultoria também apresentou uma lista com as dez empresas de capital aberto com maior volume de vendas no setor de construção, tendo os EUA nas duas primeiras posições: Pulte Homes (US$ 4,448 bilhões) e Horton (US$ 3,968 bilhões), além do quarto e sexto lugares (NVR e Lennar).

Em terceiro está a PDG Realty (US$ 3,139 bilhões), em quinto, a Cyrela; em sétimo, Gafisa; Brookfield está na oitava posição e em nono, MRV; finalizando com a mexicana Homex. Em rentabilidade das ações em 2011, a com melhor desempenho é JHSF, com ganho de 23,7% no ano até ontem (dia 5 de abril).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.