Tamanho do texto

SÃO PAULO - A OHL Brasil informou hoje que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou, no dia 14, financiamento de R$ 1,069 bilhão para sua controlada Autopista Régis Bittencourt, responsável pela concessão da BR-116 entre São Paulo (SP) e Curitiba (PR)

SÃO PAULO - A OHL Brasil informou hoje que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou, no dia 14, financiamento de R$ 1,069 bilhão para sua controlada Autopista Régis Bittencourt, responsável pela concessão da BR-116 entre São Paulo (SP) e Curitiba (PR). Os recursos serão utilizados para execução de serviços iniciais, recuperação, melhoramentos e infraestrutura para operação da rodovia. O financiamento do BNDES é dividido em duas categorias de crédito. A primeira, no montante de R$ 446,395 milhões, terá amortização em 12 anos, com 1 ano de carência, e custo de TJLP mais 2,21% ao ano. O restante, no valor R$ 623,1 milhões, terá amortização em 10,5 anos, com carência até junho de 2014, e custo de TJLP mais 2,21% ao ano. "Informamos também que os contratos das operações de financiamento de longo prazo entre o BNDES e as concessionárias Autopista Planalto Sul S.A, Autopista Fernão Dias S.A., Autopista Litoral Sul S.A. e Autopista Fluminense S.A estão em fase de análise pelo BNDES e suas condições e valores serão informados oportunamente", acrescentou a OHL Brasil. (Téo Takar | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.