Tamanho do texto

Saldo positivo foi de US$ 9,05 bilhões no período de janeiro a setembro

selo

A balança comercial do agronegócio paulista gerou um superávit de US$ 9,05 bilhões no período de janeiro a setembro, alta de 30,2% ante os US$ 6,95 bilhões dos nove primeiros meses do ano passado, informou hoje o Instituto de Economia Agrícola (IEA). As exportações do setor somaram US$ 14,80 bilhões no período, 29,8% acima do registrado no mesmo período de 2009, quando as vendas externas atingiram US$ 11,40 bilhões. Já as importações saltaram 29,2%, de US$ 4,45 bilhões para US$ 5,75 bilhões, nos períodos avaliados.

O desempenho do agronegócio nos primeiros nove meses de 2010 segue melhor que o registrado em toda a balança comercial do Estado de São Paulo, que apresentou um déficit de US$ 12,02 bilhões no mesmo intervalo. Se o agronegócio não fosse considerado nos cálculos, o déficit seria de US$ 21,07 bilhões na balança comercial paulista.

O setor agropecuário ainda aumentou a participação, de 37,3% para 39,4%, em todas as vendas externas do Estado de São Paulo, se comparados os nove primeiros meses de 2009 e 2010. As exportações paulistas totais entre janeiro e setembro de 2010 somaram US$ 37,57 bilhões. Já as importações do agronegócio responderam, nos primeiros nove meses, por 11,6% dos US$ 49,59 bilhões movimentados com as compras paulistas do exterior, baixa de 0,7 ponto porcentual ante os 12,3% do mesmo período de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.