Tamanho do texto

Redução foi motivada por uma previsão climática, com a perspectiva de seca depois de um severo frio em janeiro e fevereiro

selo

A Stratégie Grains reduziu em 1,1 milhão de toneladas a estimativa da safra de grãos da União Europeia em 2012/13, para 288,3 milhões de toneladas, motivada por uma previsão climática preocupante, com a perspectiva de seca depois de um severo frio nos meses de janeiro e fevereiro. A consultoria francesa também revisou a produção de trigo soft da UE na próxima temporada para 131,1 milhões de toneladas, queda de 1,6 milhão de toneladas em relação à projeção anterior, de modo a refletir a área cultivada com a safra de inverno que foi destruída por geadas e precisará ser replantada.

Tal corte diz respeito principalmente à França e à Alemanha, com perdas combinadas de 800 mil toneladas, bem como aos países do sudeste do bloco, que tiveram um prejuízo de mesma ordem. Com a possibilidade de expansão do plantio de milho, à medida que lavouras de inverno são replantadas, a Stratégie Grains elevou a estimativa da safra europeia do grão em 2 milhões de toneladas, para 64,6 milhões de toneladas.

Tal ajuste se refere, em sua maioria, à Romênia, à Bulgária e às partes central e ocidental da Europa. A Stratégie baixou em 1,2 milhão de toneladas a previsão da colheita de cevada da UE em 2012/13, para 53,4 milhões de toneladas, à medida que um inverno rigoroso nas nações do sudeste da Europa provocou perdas de 300 mil toneladas.

As safras da França e da Alemanha diminuíram 100 mil toneladas cada, e a consultoria também cortou a projeção da produção espanhola em 500 mil toneladas por causa da seca. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.