Tamanho do texto

Dados de estoques de gado foram considerados fator de modesto suporte para os preços dos animais em 2012

selo

Os dados de estoques de gado bovino divulgados hoje pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, por sua sigla em inglês) foram considerados um fator de modesto suporte para os preços dos animais em 2012, mas um tanto baixista para os contratos de prazo mais longo, com vencimento em 2013. Segundo o relatório semianual do USDA, em 1º de janeiro o rebanho dos Estados Unidos totalizava 90,769 milhões de cabeças de gado, ante estimativa média dos analistas de 98,5 milhões de cabeças.

Veja : Aumento ideal da oferta de boi para abate só ocorrerá em 2013

O rebanho atingiu seu menor nível desde 1952, depois que a seca no sul das Grandes Planícies norte-americanas forçou uma liquidação em massa. Entretanto, mais novilhas foram mantidas para reposição do que se esperava, sinalizando o início de uma expansão no rebanho dos Estados Unidos no longo prazo, afirmou o diretor de pesquisa da corretora Allendale, Rich Nelson.

De qualquer forma, ele não acredita que os dados indiquem crescimento imediato do rebanho. Aparentemente, produtores estão trocando vacas mais velhas por novilhas, disse o presidente da Vaught Futures Insights, Dan Vaught, que enxergou uma diminuição no abate de novilhas no fim de 2011, isto é, um indicador de reposição no rebanho. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas