Tamanho do texto

Com exceção das carnes de frango e de equídeos todas as demais tiveram queda no volume exportado em maio

selo

A receita das exportações brasileiras de carnes aumentou 14,1%, para US$ 1,37 bilhão, em maio, ante US$ 1,20 bilhão no mesmo período de 2010, de acordo com dados do Ministério da Agricultura, divulgados hoje. Houve, contudo, redução de 3,2% na quantidade exportada, que passou a 497,19 mil toneladas, de 513,52 mil toneladas, na mesma base de comparação. Com exceção das carnes de frango e de equídeos todas as demais tiveram queda no volume exportado em maio.

As receitas de exportação de carne de frango aumentaram 35%, para US$ 678,66 milhões, de US$ 502,55 milhões em maio de 2010. O desempenho foi resultado de incremento de 27,6% no preço médio e de 5,8% na quantidade embarcada. A receita das vendas de carne bovina caiu 1,3%, como resultado de preços mais elevados (28,7%), mas redução da quantidade (23,3%). As exportações de carne suína aumentaram 7,3%, em valor, em relação a maio de 2010. A quantidade exportada do produto foi reduzida em 2,2%, enquanto os preços foram 9,7% superiores em relação ao mesmo mês do ano anterior. No acumulado entre janeiro e maio, a receita das exportações de carnes aumentou 15%, de US$ 5,30 bilhões em 2010, para US$ 6,24 bilhões em 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.