Tamanho do texto

Um ataque ao Irã também provocaria uma elevação nos preços de energia, afirma vice-presidente de commodities da Olam International

selo

Os preços do óleo de palma provavelmente devem receber suporte nos próximos meses das cotações firmes do petróleo e da demanda de China e Índia por óleos vegetais, afirmou hoje o vice-presidente de commodities agrícolas da fornecedora Olam International, Vasanth Subramania. Segundo ele, os preços do óleo de palma devem se manter no intervalo de 3.000 a 3.300 ringgit/t nos próximos meses (3.022 ringgit = US$ 1), de acordo com Subramanian, que falou nos bastidores de uma conferência da indústria.

"O petróleo será o principal condutor dos preços da palma. Um ataque ao Irã também provocaria uma elevação nos preços de energia" e elevaria os preços dos óleos vegetais, inclusive do óleo de palma, de acordo com o executivo.

A crescente tensão do Irã com o Ocidente - inclusive a ameaça de ataques israelenses às instalações nucleares do Irã - e preocupações com eventuais interrupções na oferta contribuíram para a rápida elevação dos preços do petróleo nas últimas semanas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.