Tamanho do texto

Importações chinesas de soja no primeiro semestre deste ano podem aumentar 25% contra o ano anterior

A China, maior comprador de soja do mundo, deverá importar 5,1 milhões de toneladas da oleaginosa em março, um aumento de 33% ante fevereiro, segundo estimativas do Ministério do Comércio, enquanto processadoras aceleram as importações e fábricas de rações impulsionam as compras de farelo de soja.

As importações chinesas de soja no primeiro semestre deste ano podem aumentar 25% contra o ano anterior, impulsionadas pela forte demanda de produtores de ração animal, disse um órgão de pesquisa em relatório na quarta-feira.

O ministério também espera que as importações de canola do país em março sejam de 320.508 toneladas, um aumento de 69% sobre as entradas efetivas em fevereiro.

Os dados do ministério, com base em relatórios de compradores, podem não estar em linha com os números de março que serão publicados pela alfândega no próximo mês, mas ainda fornecem uma referência para medir as importações. O Brasil é um dos principais fornecedores de soja para a China, juntamente com os Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.