Tamanho do texto

Companhia de comodities teria feito uma oferta pela empresa canadense de agronegócios Viterra

selo

A companhia de commodities Glencore International está perto de um acordo para comprar a empresa de agronegócios canadense Viterra, que tem valor de mercado de 6 bilhões de dólares canadenses (US$ 1 = 0,99 dólares canadenses), de acordo com uma fonte familiar ao assunto entrevistada pelo Wall Street Journal. As ações da Viterra permaneciam estáveis antes do anúncio, que pode ser feito ainda nesta segunda-feira, segundo a fonte.

Não há mais detalhes no momento, mas, em princípio, a Glencore teria feito a oferta juntamente com a Agrium e a Richardson Internacional, que ficariam com partes do negócio que não interessam à Glencore. A compra da Viterra seria uma aposta agressiva pela Glencore, que está no meio de uma tentativa de fusão de US$ 90 bilhões com a mineradora anglo-suíça Xstrata.

O acordo precisa ser aprovado pelos acionistas da Xstrata e alguns deles afirmaram recentemente que o preço proposto, denominado em ações da Glencore, é baixo demais. A Glencore é uma das maiores negociadoras de commodities do mundo. A empresa tornou-se pública no ano passado especialmente para facilitar a expansão por meio de aquisições.

No início do mês, uma unidade canadense da Viterra divulgou que recebeu "expressões de interesse" de possíveis compradores, e isso fez com que as ações da empresa subissem. A companhia opera o mercado de grãos e distribuidoras no Canadá, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia e China. Também vende equipamentos agrícolas, fertilizantes, sementes e pesticidas no varejo. Um porta-voz da Glencore se recusou a comentar o assunto. Até o fechamento desta reportagem não havia sido possível entrar em contato com a Viterra. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.