Tamanho do texto

Cifra é 23,3% maior que o total vendido no mercado externo no mesmo período do ano passado

selo

O agronegócio registrou, em agosto, o maior volume de vendas externas para o mês, atingindo US$ 7,305 bilhões, segundo informou o Ministério da Agricultura. O montante representa um crescimento de 23,3% em relação ao mesmo período do ano passado e está muito próximo do recorde mensal geral, obtido em julho de 2008 - melhor ano das exportações brasileiras do setor. Naquele mês, o Brasil vendeu US$ 7,931 bilhões em produtos agrícolas. O volume de agosto passado é 8% superior ao das vendas externas no mesmo mês em 2008, até então o melhor agosto da série histórica realizada pelo Ministério e que começou em 1989.

Já as importações brasileiras do agronegócio totalizaram US$ 1,095 bilhão no mês passado. Com isso, o superávit comercial do setor foi de US$ 6,210 bilhões. No acumulado do ano, as exportações tiveram alta de 13,6% em relação a 2009, com US$ 49,628 bilhões. As importações cresceram quase três vezes mais no mesmo período (37,5%), ao atingirem US$ 8,375 bilhões. O saldo comercial do agronegócio em 2010 até o momento é de US$ 41,252 bilhões.

Açúcar

Um dos destaques da balança em agosto foi a quantidade exportada de açúcar, que apresentou aumento de 53,4% ao passar de 2,1 milhões de toneladas em agosto de 2009 para 3,2 milhões de toneladas no mês passado. Em valores, o desempenho do produto foi ainda mais expressivo, subindo de US$ 721 milhões em agosto de 2009 para US$ 1,369 bilhão no mês passado. O crescimento foi de 90%, ainda como reflexo da quebra da safra de cana-de-açúcar na Índia, no ano passado. Na análise por setores, as maiores contribuições para o resultado no período vieram do complexo sucroalcooleiro (73,8%), carnes (23,7%), produtos florestais (37,7%), café (41,9%), cereais e farinhas (136,3%).

O bom desempenho do açúcar elevou em 73,8% as vendas externas do complexo sucroalcooleiro no último mês. Tendo como base de comparação agosto de 2009, o valor arrecadado com os embarques de açúcar somou US$ 1,369 bilhão, por causa do aumento de 23,9% no preço do produto. A receita com as exportações de carnes aumentou 23,7%, passando de US$ 1,014 bilhão, em agosto de 2009, para US$ 1,255 bilhão no mês passado. Os valores arrecadados com as vendas de carne bovina foram 52,6% maiores; de frango, 28,4% e de carne suína, 36,8%. Os destinos que apresentaram maior crescimento foram Egito (145%), Tailândia (130,3%), Irã (129%), Rússia (76,9%), Indonésia (74,2%), Espanha (52,1%), Argentina (45,8%) e Japão (44,2%). Na avaliação por blocos econômicos e regiões, todos apresentaram incremento e os destaques foram África (58%), Nafta (43%), Mercosul (40,9%) e Oriente Médio (29,2%).

Importações

Em relação às importações em agosto, as compras de produtos agropecuários originários de outros países aumentaram 40,2%, pulando de US$ 785 milhões para US$ 1,095 bilhão. Trigo (37,3%), arroz (52%), borracha natural (188%) e pescado (54,2%) foram os produtos mais importados no último mês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.