Tamanho do texto

Com essa aquisição, o processamento da múlti francesa no Brasil vai subir para cerca de 80 milhões de caixas

A Louis Dreyfus Commodities comprou 100% da fábrica de suco de laranja da Cocamar, com capacidade para processar 7 milhões de caixas da fruta. O valor da negociação não foi informado. A unidade fica na cidade de Paranavaí (PR) e na safra 2011/12 processou cerca de 6 milhões de caixas, segundo o diretor da área de Citros da Dreyfus, Henrique Freitas.

"Para o próximo ciclo, acreditamos que podemos chegar bem próximo de 7 milhões de caixas", diz o executivo. Com essa aquisição, o processamento da múlti francesa no Brasil vai subir para cerca de 80 milhões de caixas, ante as 70 milhões da safra anterior. Freitas espera que o faturamento da área de citros com a nova aquisição seja proporcional ao aumento da produção, ou seja, na casa dos 10%.

A Dreyfus, que já tem negócios com a Cocamar em outros produtos, como soja e milho, firmou parceria com os produtores associados da Cocamar na produção de laranja. "A Cocamar continuará dando toda a assistência técnica aos citricultores", diz Freitas. Essa é a primeira fábrica de suco da Dreyfus no Brasil fora do Estado de São Paulo, onde a empresa tem outras três unidades processadoras (Bebedouro, Matão e Engenheiro Coelho).

"O Paraná tem condições agronômicas muito boas para produção de laranja", justifica o executivo. A unidade adquirida pela Dreyfus foi construída em 1990 pela Cocamar e conta com cerca de 100 colaboradores, que serão integrados ao quadro de funcionários da LDC. O processamento de laranja começou na fábrica em 1994.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.