Tamanho do texto

São Paulo, 21 - A Comissão Organizadora do 9º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo - Prêmio Aldir Alves Teixeira - divulgou os 11 lotes finalistas

selo

São Paulo, 21 - A Comissão Organizadora do 9º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo - Prêmio Aldir Alves Teixeira - divulgou os 11 lotes finalistas. Também foram apresentados os respectivos preços mínimos para o leilão, que foram fixados em função da nota da qualidade global obtida, em uma escala de zero a dez. Segundo o coordenador do concurso, Eduardo Carvalhaes Junior, até o ano passado, os lances eram dados livremente pelas empresas. Com a fixação prévia de um preço de abertura o objetivo é valorizar ainda mais o concurso, os cafés e os compradores, disse. O pregão é aberto a indústrias, cafeterias, restaurantes, hotéis, redes de supermercados e pessoas físicas ou jurídicas, de qualquer área. Os lances já podem ser feitos e poderão ser dados até as 17 horas do dia 29 de outubro(sexta-feira). Dois produtores já conquistaram para seus lotes preços maiores que os obtidos nos certames anteriores, em virtude da alta qualidade: Márcio Luiz Bergamo Favaro, (nota 9,027), e de João Antônio Garrote (nota 8,978), ambos da Associação dos Produtores de Café Descascado de Piraju e Região (Proced), terão seus cafés vendidos por no mínimo R$ 3.080,00 a saca - oito vezes acima da cotação da BM&FBovespa de ontem (20). Individualmente ou em consórcio, os interessados poderão adquirir uma única saca ou lotes de até 10 sacas. Poderão também comprar quantidades de diferentes lotes. O presidente da Câmara Setorial do Café, Nathan Herszkowicz, informou que as pessoas poderão optar pelos cafés de acordo com a nota de qualidade global, a região, o tamanho do lote e as características gerais. O resultado do leilão, cujos lances formam o ranking final do concurso, será divulgado dia 5 de novembro, no Museu do Café, em Santos. Durante a cerimônia, serão divulgadas também as empresas compradoras e as três campeãs nas categorias Ouro (maior valor pago por saca), Diamante (maior montante investido na compra) e Especial (maior valor para o Micro Lote). De acordo com Nathan, são cafés excepcionais da safra paulista 2010, avaliados pelos melhores especialistas, e as empresas poderão valorizar ainda mais suas marcas e estabelecimentos, além de agregar valor aos seus produtos. Os cafés adquiridos no leilão formarão a Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo, que estará à disposição dos consumidores, em embalagens identificadas por selo numerado, a partir da segunda quinzena de dezembro. O interessado no leilão deve preencher a Ficha de Inscrição/Lance Comprador que está no site (www.sindicafesp.com.br) e enviar por fax (11 3125-3169) ou por e-mail (camarasetorial@sindicafesp.com.br). Quem quiser pode ainda solicitar por telefone (11 3125-3160) o envio desta ficha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.