Tamanho do texto

Arroba do boi atinge maior valor da história em SP, diz Cepea

SÃO PAULO (Reuters) - O preço da arroba do boi gordo em São Paulo atingiu na terça-feira o maior valor real já visto, segundo pesquisa do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, que levanta os preços desde 1997.

O indicador Esalq/BM&FBovespa marcou 107,60 reais por arroba.

As cotações da arroba do boi gordo vêm numa tendência crescente, tendo superado os 100 reais segundo o indicador pela primeira vez na quarta-feira da semana passada , com uma demanda aquecida e pecuaristas limitando as vendas em meio à baixa oferta de animais prontos para o abate.

Até terça-feira, o maior valor real do indicador havia sido registrado em 11 de novembro de 1999 (106,01 reais, contabilizando a inflação do período).

Somente em outubro, o indicador elaborado pelo Cepea acumula aumento de 14,36 por cento e, neste ano, a alta é de 39 por cento.

Os preços do bezerro e do boi magro estão também em patamares elevados, afirmou a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em nota nesta quarta-feira.

Essa situação, segundo a CNA, "confirma as avaliações de escassez de animais de reposição, reflexo do abate excessivo de matrizes dos últimos anos".

Em média, os animais de reposição são vendidos a 130 reais por arroba (bezerro) e 120 reais por arroba (boi magro), segundo a CNA.

"Não há perspectiva de equilíbrio no quadro de oferta e demanda de boi gordo no curto prazo", acrescentou a confederação, indicando uma situação complicada para os frigoríficos.

(Por Roberto Samora)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.