Tamanho do texto

Entrada de novos participantes no mercado e aumento da capacidade de produção podem levar a oscilações na rentabilidade

selo

A agência de classificação de risco e pesquisa de crédito DBRS prevê um período de acentuada volatilidade para a indústria de potássio nos próximos anos. Embora a demanda por potássio continue crescendo, a entrada de novos participantes no mercado e um aumento da capacidade de produção podem levar a oscilações na rentabilidade da indústria durante os próximos anos.

O consumo de potássio cresceu em média 3% por ano durante os últimos 20 anos, refletindo a persistente tendência de crescimento da demanda por alimentos. A DBRS espera que essa tendência continue num futuro próximo, apesar do recente declínio do consumo, consequência da recessão de 2009 e da rápida escalada dos preços do potássio em 2008.

Leia mais : Uralkali produz 6% mais cloreto de potássio em 2011

A agência avalia que a demanda deve continuar crescendo, mas precisará de um ritmo adequado, de disciplina no mercado e talvez de um pouco de sorte para manter o equilíbrio. Uma desaceleração no crescimento da capacidade pode levar a um salto dos preços do potássio, assim como um excesso de capacidade e uma possível falta de disciplina dos produtores pode derrubar os preços para níveis inferiores aos atuais, diz a DBRS.

Segundo a companhia, uma eventual queda na demanda, como o recuo de 40% observado em 2009, provavelmente vai testar os produtores que se comprometeram com uma expansão significativa. O fato de que a Potash Corp fechou temporariamente uma mina na região canadense de Saskatchewan, em janeiro, é um indicativo de que os produtores estão reduzindo a oferta para ajustá-la a uma demanda menor.

A agência de classificação de risco afirma, ainda, que se a estrutura de mercado da indústria mudar e as margens de lucro forem reduzidas, os ratings de produtores que dependem das operações com potássio podem ser impactados negativamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.