Tamanho do texto

Organização internacional prevê primeiro resultado negativo em cinco anos caso o fenômeno natural perdure

Reuters

A Organização Internacional do Café (OIC) espera que o mercado global do produto se torne deficitário no ciclo 2014/15 se a seca no Brasil continuar.

Leia também: Consumo de café no Brasil cai pela primeira vez em 10 anos

"A OIC está esperando seu primeiro déficit em cinco anos se a seca continuar", disse nesta terça-feira (4) o diretor de operações da entidade, Mauricio Galindo, no intervalo de um seminário da OIC. A organização não tem uma previsão para a oferta 2014/15.

A produção mundial na temporada 2013/14 foi estimada em 145,8 milhões de sacas de 60 quilos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.