Tamanho do texto

Objetivo é impedir a entrada de pragas procedentes de estados como São Paulo e Minas Gerais, que podem afetar as lavouras de banana e laranja

O governo fluminense ampliou, na última semana, as barreiras fitossanitárias nas rodovias de acesso ao estado. Segundo a Secretaria de Agricultura, o objetivo é impedir a entrada de pragas procedentes de estados como São Paulo e Minas Gerais, que podem afetar as lavouras de banana e laranja.

MaisBarreiras mútuas entre Brasil e Argentina dificultam operações de exportação

As autoridades fitossanitárias do estado querem evitar a entrada das doenças cancro cítrico e greening, ausentes no estado, que podem contaminar as plantações de laranja. Outro objetivo da operação é manter as lavouras de banana livres da sigatoka negra, doença que o estado conseguiu erradicar em 2005.

Os comerciantes e produtores que quiserem entrar no Rio de Janeiro com produtos vegetais precisarão mostrar uma Permissão de Trânsito de Vegetais (PTV), emitida pelas autoridades fitossanitárias do estado, sobre a origem da carga.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.