Tamanho do texto

Decisão foi tomada pelo governo à medida que uma produção doméstica maior e estoques recordes reduzem a necessidade de oferta estrangeira

Reuters

A China irá apertar os controles sobre as importações de açúcar no ano comercial que começa em outubro, à medida que uma produção doméstica maior e estoques recordes reduzem a necessidade de oferta estrangeira, disseram autoridades nesta quinta-feira.

O governo também continuará comprando açúcar no mercado doméstico buscando dar suporte aos preços, afirmou Liu Xiaonan, o vice-diretor de um órgão de planejamento do país, a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma.

Ele não forneceu muitos detalhes.

MaisÍndice de Gerentes de Compras na China avança em outubro

"A pressão da oferta é enorme, o governo continuará com sua política de estocagem, que será implementada no pico da temporada de processamento... para proteger os produtores", afirmou. O pronunciamento de Liu foi postado no site www.sugarinfo.net.

A China deve produzir cerca de 14 milhões de toneladas de açúcar branco em 2012/13, alta de 22 por cento ante o ano anterior, com produtores aumentando o plantio e sendo beneficiados por um tempo favorável.

"Para controlar as importações, as autoridades podem reduzir as cotas de importação alocadas para companhias estatais", disse um analista sênior da indústria que não quis ser identificado.

Normalmente, a China libera 1,945 milhão de toneladas em cotas para importação a baixas tarifas todos os anos. Cerca de 70% das cotas são destinadas a companhias estatais.

LeiaImportações metalúrgicas da China causarão impacto na geração de empregos

A China importou entre outubro de 2011 e setembro deste ano o maior volume da década (4,26 milhões de toneladas), disse Yan Weimin, uma autoridade da Associação de Açúcar da China.

Além de importar para as reservas estatais, o governo também estocou 1,5 milhão de toneladas de açúcar da produção doméstica, deixando os armazéns com um volume recorde de cerca de 4 milhões de toneladas.

O Brasil é o maior produtor e exportador de açúcar e tem ampliado as exportações da commodity para os chineses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.