Tamanho do texto

Altos preços e clima favorável impulsionam o plantio, anunciou nesta quinta-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires. Argentina é o terceiro maior exportador de soja no mundo

A área semeada com soja na Argentina deve alcançar um recorde de 19,7 milhões de hectares na temporada 2012/13, graças aos altos preços da oleaginosa e a um clima favorável, disse nesta quinta-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires. O plantio ainda não começou.

Leia também:  Seca se agrava nos EUA e Brasil vai se tornar maior produtor de soja do mundo

A Argentina é o mais importante exportador mundial de óleo e farinha de soja e terceiro maior fornecedor da soja em grão. A área semeada com soja atingiu 18,85 milhões de hectares na temporada 2011/12.

A expansão da área em 2012/13, 850 mil hectares ante o ciclo anterior, ocorreria em grande parte em detrimento da área de milho, que, segundo a bolsa, deve cair 12% no ano, para 3,4 milhões de hectares nesta temporada.

Leia ainda:  Soja salva balança comercial brasileira

"É natural que se registre um interesse maior pelo cultivo de soja em detrimento do milho. Isso se deve fundamentalmente aos custos menores de implementação que apresenta a oleaginosa, contrastando amplamente com a elevada necessidade de insumos para o milho", disse a entidade.

Por outro lado, as fortes chuvas registradas nos últimos meses deixaram as condições de umidade do solo ideais para o início da temporada 2012/13 da oleaginosa.

O Departamento de Agricultura norte-americano (USDA) estimou a colheita argentina de soja 2012/13 em um recorde de 55 milhões de toneladas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.