Tamanho do texto

Benefício será concedido para as empresas que se habilitarem no Regime Especial de Incentivo ao Desenvolvimento da Infraestrutura da Indústria de Fertilizantes (REIF)

Agência Estado

Para estimular o desenvolvimento da indústria de fertilizantes no País e reduzir o custo dos investimentos, o governo vai suspender a cobrança de PIS, Cofins e IPI na compra de máquinas e equipamentos por empresas deste setor.

O benefício será concedido para as empresas que se habilitarem no Regime Especial de Incentivo ao Desenvolvimento da Infraestrutura da Indústria de Fertilizantes (REIF), criado nesta sexta-feira (21) por meio da Medida Provisória 582.

As empresas devem apresentar os projetos de investimentos ao Ministério de Minas e Energia para se habilitarem e depois solicitarem o benefício tributário à Receita Federal. O chefe da divisão de tributos sobre a receita bruta do Fisco, José Márcio Andriotti, explicou que as empresas já têm direito a um crédito de PIS/Cofins e de IPI ao adquirirem bens de capital, mas a compensação só pode ser realizada após a conclusão do projeto de investimento, o que pode demorar até quatro anos. "Estamos desonerando e tornando mais barato o investimento. Queremos incentivar que a gente tenha a nossa própria indústria", disse.