Tamanho do texto

Revisão reflete a expectativa de expansão das lavouras diante da alta de preços e vai ao encontro do publicado pelo iG há uma semana


O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, por sua sigla em inglês) elevou nesta sexta-feira a estimativa da safra de soja do Brasil na temporada 2012/13 para 81 milhões de toneladas no relatório mensal de oferta e demanda, ante 78 milhões de toneladas divulgadas em julho pelo governo norte-americano.

A revisão reflete a expectativa de expansão das lavouras diante dos preços altamente remuneradores da oleaginosa. Mesmo assim, o volume é menor que as 83 milhões a 84 milhões de toneladas esperadas pela consultoria brasileira Agroconsult. Se concretizado, conforme disse o iG há mais de uma semana, o Brasil será o maior produtor mundial de soja , superando os Estados Unidos, cuja colheita foi projetada pelo USDA em 73,27 milhões de toneladas pelo USDA.

Já a previsão da produção total brasileira de milho em 2012/13 foi ampliada de 67 milhões para 70 milhões de toneladas, em linha com as expectativas da Agroconsult. A quantidade esperada para o Brasil fica quase quatro vezes abaixo da colheita de 273,79 milhões de toneladas projetada para os EUA.

Argentina - O USDA manteve a estimativa para a próxima safra argentina de soja em 55 milhões de toneladas. Já a da produção de milho do país foi ajustada de 25 milhões de toneladas para 28 milhões de toneladas.